slider

Destaques

POSTS RECENTES

Machu Picchu: todas as dicas para conhecer a Cidade Perdida dos Incas

21 de outubro de 2019

Conhecer Machu Picchu é o sonho de praticamente todos os viajantes, se não for o seu, basta pesquisar um pouquinho sobre o lugar que certamente irá colocá-lo na sua lista dos desejos.

Conosco não foi diferente, quando começamos a planejar nossa viagem ao Peru era Machu Picchu nosso maior sonhos e "preocupação", sabíamos que não era tão simples assim chegar na Cidade Perdida dos Incas, envolve transfer de Cusco, trem, ônibus, bilhete de entrada, regras... ufaaa!

No final deu tudo certo, finalmente estávamos ali, diante de uma das 7 maravilhas do Mundo! Nem sei explicar a sensação, simplesmente jamais esqueceremos aquele 14 de outubro de 2019.
 Machu Picchu: Tudo que você precisa saber

Neste post vamos descomplicar, compartilhar a nossa experiência e te ajudar a entender todos os caminhos que te levam a Machu Picchu. 

MACHU PICCHU - PARA ENTENDER E SE APAIXONAR!

Não vou fazer a blogueira historiadora e ficar aqui listando milhares de datas e informações sobre Machu Picchu que você certamente irá esquecer antes mesmo de chegar ao fim deste post, rs... vou falar apenas do quanto esse lugar é fascinante, porque se tornou a atração numero 1 do Peru e atrai milhares de turistas do mundo inteiro!

A "Velha Montanha" (no idioma quéchua), era um dos lugares mais importantes durante a civilização Inca, por lá haviam templos, terraços para agricultura, acredita-se que ali se faziam estudos envolvendo astrologia, calendários solares... enfim, um lugar repleto de mistérios e lendas.


Machu Picchu: tudo que você precisa saber!

O fato é que Machu Picchu era protegida pelas Montanhas do Vale Sagrado e mesmo com a chegada dos espanhóis, que conquistaram o Peru e acabaram com o Império Inca, ela não foi descoberta, os habitantes abandonaram a cidade e fecharam todos os caminhos que levavam até ela.  

Apenas séculos depois, em 1911, durante uma expedição arqueológica é que Machu Picchu foi encontrada, daí "A Cidade Perdida dos Incas" virou notícia, ganhou repercussão mundial, foi declarado Patrimônio da Humanidade pela UNESCO e uma das 7 Maravilhas do Mundo Moderno. Legal né!?

COMO CHEGAR A MACHU PICCHU

Você estará em Cusco, cidade onde fica o aeroporto mais próximo, ótima estrutura de hotéis, restaurantes, etc. A partir daí você terá algumas opções:

1. Machu Picchu em 1 dia - Passeio Bate e Volta

Essa foi a nossa escolha, primeiro porque achamos mais prático, já estávamos com nossos hotéis reservados em Cusco e também porque depois das novas regras de visitação, que impõe um limite máximo de 4 horas para ficar no parque, talvez não faça mais tanto sentido passar uma noite em Águas Calientes (cidadezinha porta de entrada para Machu Picchu). Saímos bem cedinho de Cusco e voltamos a noite, achamos que deu para aproveitar super bem o dia.

Agora, se você não quiser se preocupar com todos os detalhes que envolvam a sua visita, a dica é fechar o passeio completo com uma agência de Turismo (confiável), nós recomendamos a MachuPichu Travel! Fizemos tudo com eles e foram ótimos! (deixaremos os contatos no final deste post).

No valor do pacote oferecido pela empresa, a partir de 320 dólares por pessoa,(em out/2019) está incluso o transfer ida e volta do hotel, as passagens de Trem + ônibus até o parque, os bilhetes de entrada a cidadela, guia (que hj passou a ser obrigatório) enfim, tudo! Vale a pena pela tranquilidade!


Machu Picchu: todas as dicas para conhecer a Cidade Perdida dos Incas
Chegada na estação de Águas Calientes (Machu Picchu Pueblo)

Por conta própria: você terá que fazer a reserva dos bilhetes de entrada a Machu Picchu, escolhendo o dia e período da sua visita (manhã ou tarde), através do site oficial, é bom fazer isso com antecedência já que as entradas passaram a ser limitadas (não há venda de ingressos na entrada do parque). O ingresso comum adulto custa 152 soles (cerca de 45 dólares), já os que incluem entrada + uma das trilhas na montanha (Waynapicchu por exemplo custa 200 soles. Chegando lá é obrigatório contratar um guia local.

O próximo passo é reservar o Trem até Aguas Calientes, também conhecida como Machu Picchu Pueblo (cidade que fica aos pés do parque). 

Duas empresas operam a linha e fazem a venda online, Peru Rail e a Inca Rail (melhor, com site em Português e com mais rotas, uma inclusive saindo da estação San Pedro, a poucos passos da Plaza de Armas, no centro de Cusco). Os preços variam de acordo com a categoria do vagão, horário e estação onde vai embarcar (a partir de 60 dólares o trecho por adulto), a viagem dura entre 2h e 3h30. Veja AQUI o post com todas as informações, dicas e nossa experiência na linda viagem de Trem a Machu Picchu.

Chegando na estação de Águas Calientes você pode encarar uma longa caminhada morro acima até a entrada da cidadela ou usar o serviço dos ônibus da Consettur, que levam 25 minutos e custa 24 dólares subida e descida. Os bilhetes podem ser comprados na hora (não esgotam), as subidas são organizadas de acordo com o horário da sua entrada ao parque. (você só poderá embarcar com uns 40 minutos de antecedência). 

Outra opção para economizar é subir de ônibus, 12 dólares (para chegar lá em cima disposto e aproveitar o sítio arqueológico) depois descer caminhando (cerca de 1 hora). Apenas fique atento para não se perder nos horários.


Machu Picchu Pueblo - Aguas Calientes
Águas Calientes - Machu Picchu Pueblo

2. Machu Picchu com Pernoite em Ollantaytambo ou Águas Calientes:

Essa talvez seja uma opção menos cansativa para chegar a cidade perdida dos Incas.

Alguns inclusive aproveitam o passeio pelo Vale Sagrado, que passa por Ollantaytambo, e ao invés de voltar para Cusco fica hospedado próximo da estação para pegar o trem no dia seguinte, ou segue para dormir em Aguas Calientes para visitar o parque no outro dia. No fim deste post deixaremos dicas de hospedagem para todos os bolsos nestas duas cidades! ;)

3. Machu Picchu pela trilha Inca: 

Essa opção é para os mais dispostos e aventureiros. A caminhada pela trilha Inca conhecida como Salkantay, pode levar até cinco dias de duração até chegar a Machu Picchu! Você irá cruzar montanhas, linhas férreas, florestas... sem dúvida uma experiência incrível até chegar a cidade perdida. E aí, vai encarar?

Existem empresas especializadas nessas trilhas, uma delas é a MachuPicchu Travel, a mesma que fizemos o nosso bate e volta e todos os outros passeios em Cusco.

Alerta: Também existem uma opção "mais em conta" para chegar a Machu Picchu, através de Vãns + caminhada por uma linha de Trem. Mas ouvimos relatos de que muitas dessas vans são clandestinas, que a rota usada por elas é sinistra, sem segurança alguma... enfim, neste caso o barato pode sair bem caro!

Bom, agora que você já tem todas as informações para "encontrar" a cidade perdida dos Incas, vamos compartilhar com vocês a melhor parte, os detalhes desse nosso dia inesquecível!! Partiu conhecer Machu Picchu? :) 

BATE E VOLTA DE CUSCO A MACHU PICCHU

Finalmente chegou o grande dia, quase não conseguimos dormir a noite de tanta ansiedade. Bem cedinho pulamos da cama e no horário combinado, as 4h da manhã, a MachuPicchu Travel enviou um carro para nos buscar no hotel e levar até a estação de San Pedro, ali mesmo no centro de Cusco. 

Até poderíamos ir caminhando, mas como optamos em ir no primeiro horário do Trem para aproveitar bem o dia, ainda estava escuro, além disso o pacote que fechamos com a agência já incluía o transfer.

VIAGEM DE TREM A MACHU PICCHU

As 5h embarcamos no Trem da Inca Rail, no vagão 360º com poltronas confortáveis e janelões de vidro com vista panorâmica de onde não tirávamos os olhos daquelas paisagens lindas! De fato o dia tão sonhado começou ali! 

A viagem foi toda linda (contamos os detalhes AQUI), que nem vimos passar as 3h, quando demos conta já estávamos chegando na estação de Águas Calientes (Machu Picchu Pueblo). A guia da empresa estava nos aguardando para seguirmos de ônibus.


Trem de Cusco a Machu Picchu
Inca Rail - The 360°

ÔNIBUS ATÉ MACHU PICCHU

Águas Calientes é uma graça de cidadezinha, extremamente turística, com bons hotéis, restaurantes, lojinhas... A poucos passos da estação de trem, no centro, fica a rua onde partem os ônibus da Consettur até a entrada do parque.

ônibus até Machu Picchu
Ônibus Consettur

Esperamos na fila para embarcar e depois fomos subindo, subindo... o caminho é repleto de curvas, muito bonito e há um sistema de áudio que vai dando informações. A cada minuto da viagem a expectativa só aumentava!

A TÃO ESPERADA VISITA A MACHU PICCHU

Logo na entrada do parque fica a bilheteria onde devemos apresentar os bilhetes e documentos de identificação, há também toaletes (que custam 2 soles), lanchonetes, guarda-volumes e aquelas máquinas que vendem refri e snacks.


Machu Picchu, ingressos, valores, dicas essenciais!

Aliás, tudo lá é muito bem organizado, placas orientam o sentido que devemos caminhar e há fiscais por todas as partes.

Nossa entrada estava agendada para as 10h, entramos no horário. Estávamos como duas crianças, encantadas com tudo que estávamos vendo!


Tudo sobre Machu Picchu, a cidade perdida dos Incas

Machu Picchu: tudo que você precisa saber

A guia nos acompanhou por cerca de 2 horas pelos pontos mais importantes da Cidade Sagrada, como a Praça Principal, o Relógio Solar, a Rocha Sagrada, os Templos, os cemitérios... foi nos dando informações e contando curiosidades desse lugar tão fascinante que é Machu Picchu.


Machu Picchu, uma das 7 maravilhas do Mundo

De Cusco a Machu Picchu, tudo que você precisa saber

Bate e Volta de Cusco a Machu Picchu

Depois tivemos um tempo livre para passear, admirar, registrar nossos momentos, sentir toda aquela energia e agradecer a Deus pela oportunidade de realizar esse sonho.


Como visitar Machu Picchu em um dia

Machu Picchu: como chegar, valores, dicas... tudo que você precisa saber

Ficamos por mais de 5 horas, até cansar!rs. (lembrando que hj, segundo as novas "regras", o tempo limite de permanecia no parque é de 4hs), mas acredito que existe uma tolerância, pelo menos com a gente em nenhum momento nos alertaram para sair, mas considere também que fomos em outubro, um mês que não é considerado alta temporada.


Machu Picchu, nossa experiência no Bate e Volta saindo de Cusco

MACHU PICCHU, EU FUI! CARIMBO NO PASSAPORTE

Na saída do Parque, próximo ao portão de acesso, fica uma mesinha onde você pode carimbar o seu passaporte de forma gratuita. Um registro e tanto de Machu Picchu nas páginas do passaporte e na vida!




Ainda tínhamos um tempinho antes da hora marcada para pegarmos o trem de volta a Cusco, aproveitamos para comer alguma coisa, tínhamos levado nossos lanchinhos. Alguns preferiram almoçar nos restaurantes de Águas Calientes, há várias opções.

Demos uma circulada pela cidade e por um enorme centro de artesanato que fica no caminho da estação de Trem. 

As 19h embarcamos na viagem de volta a Cusco. Era cerca de 23h quando chegamos no nosso hotel.

Que dia amigos, valeu cada minutinho, jamais esqueceremos! Tem que ir!

QUANDO IR A MACHU PICCHU

A melhor época para conhecer Machu Picchu é de abril a outubro, época mais seca. Mas atente-se que julho e agosto são meses considerados altíssima temporada (isso significa tudo mais caro e cheio) Entre novembro e março as chuvas são constantes, evite! Nós fomos em outubro e foi ótimo! Confira outras dicas essenciais para visitar o Peru AQUI.

Em relação a altitude, Machu Picchu está a 2.350 metros acima do nível do mar, bem mais tranquilo se compararmos a Cusco, que está a 3.400m, então se estiver bem adaptado dificilmente sentirá o chamado soroche (mal de altitude), ou então chegando lá, respire fundo que os sintomas tendem a melhorar e até desaparecer! ;)

ONDE FICAR EM MACHU PICCHU - ÁGUAS CALIENTES

Águas Calientes é a cidadezinha mais próxima de Machu Picchu, oferece ótimas opções de hospedagem, procure ficar próximo ao centrinho, que além de reunir restaurantes, lojinhas, etc, é onde estão as estações de Trem e dos ônibus que te levam até a entrada do Parque.

👉 Inkaterra Machu Picchu e o Belmond Sanctuary Lodge são os dois 5 estrelas mais luxuosos da região.

👉 Outras opções excelentes e um pouco mais em conta são os 4 estrelas: Taypikala MachupicchuTierra Viva Machu PicchuHatun Inti Boutique Machupicchu e o Golden Sunrise Machupicchu. Ou ainda os 3 estrelas: Jaya Machupicchu e Hotel La Cabaña MachuPicchu

👉 Agora, para os que buscam uma hospedagem boa e barata, nossa dica é ficar no Hatun Wayna Inn Machu Picchu, no Mantu Boutique, na pousada Mapiland ou no Intillaqta Machu Picchu.

✔️Veja AQUI todas as opções de hospedagem em Machu Picchu

ONDE FICAR EM OLLANTAYTAMBO

Ficar em Ollantaytambo, na região do Vale Sagrado, significa estar próximo da estação de Trem que te leva a Machu Picchu Pueblo (Aguas Calientes). Também costuma oferecer opções mais econômicas de hospedagem.

👉 Os Hotéis mais próximos da estação de Ollantaytambo e com melhor custo x benefício são: Hotel Pakaritampu (50m), o Tambo de Ollantay (300m), o Hotel Tierra Inka Sacred Valley e o Terra Nostra (ambos a menos de 10 minutos de caminhada até a estação).

👉 Se a intenção for ficar num 5 estrelas, reserve o Del Pilar Ollantaytambo (9km da estação).

👉 Mas se a ideia for realmente economizar o Las Portadas, o B&B Sun Gate e o Hostel Apu Qhawarina, são opções boas e baratas perto da estação. Todos oferecem quartos com banheiro privativo e café da manhã incluso na diária.

✔️Veja AQUI todas as opções de hospedagem em Ollantaytambo


Veja Também:

👉 Cusco, PeruDicas essenciais para quem viaja pela primeira vez! 

👉 Onde ficar em Cusco, Machu Pichu e Vale Sagrado: de hotéis baratos aos mais luxuosos!

👉 5 passeios bate e volta de Cusco incluindo Machu Picchu.

👉 Onde comer em Cusco: Pratos típicos e dicas de restaurantes.

👉 O que fazer em Cusco: 10 pontos turísticos da cidade!

👉 Confira AQUI todas as nossas dicas do Peru.

Serviços:

Machupicchu Travel
www.machupicchu.com.pe
Telefone: +51 84 223010

WhatsApp: +51 98 4630919 /98 4654111
Email: info@machupicchu.com.pe
Endereço: Jr. José Santos Chocano G-5, Urb Santa Monica, Cusco - Peru


Pin It
2 comentários

2 comentários:

  1. vi que o guia é obrigatório, mas quanto se paga pelo serviço do guia?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Diego,

      O valor do guia em Machu Picchu é negociável. Dependendo do número de pessoas (pode juntar um grupo) fica mais barato. Uma média de 20 a 50 soles por pessoa.

      Abraços,

      Ma e Ka

      Excluir

Dicas de Hospedagem

Booking.com

Gastronomia

 

Siga no Instagram @blogtemqueir