,

Destaques

POSTS RECENTES

Ilha de Marajó - Pará: tudo que você precisa saber

25 de julho de 2021
Passeio de Belém a Ilha de Marajó

A Ilha de Marajó é um dos lugares mais encantadores do Pará. Estamos falando da maior ilha fluviomarinha do mundo, ou seja, cercada tanto por rios quanto pelo oceano atlântico. Conhecer Marajó envolve belas praias, igarapés e a interessante cultura marajoara a base de artesanatos, búfalos e comida boa!

Praia do Pesqueiro Ilha de Marajó
Praia do Pesqueiro - Soure, Ilha de Marajó

Em sua viagem pelo norte do Brasil não deixe de conhecer a famosa Ilha de Marajó, mesmo que seja através de um bate e volta de Belém, tem que ir!

Neste post vamos dar dicas de como chegar, o que fazer por lá, opções de hospedagem e contar nossa experiência no roteiro de um dia pela Ilha de Marajó.

ILHA DE MARAJÓ - COMO CHEGAR

Ilha de Marajó onde fica
Lanchas Rápidas com destino a Ilha de Marajó

Quem tem pouco tempo ou deseja conhecer a Ilha de Marajó sem se preocupar com nada, a dica é contratar um passeio completo saindo de Belém com as agências de turismo

Nós recomendamos a AmazonPará, uma empresa de confiança que oferece a opção "Marajó Expresso" (bate-volta). Abaixo vamos compartilhar o roteiro que fizemos com a agência e adoramos! Nossos leitores tem desconto de 10%, basta mencionar o código BTQIR no momento da reserva.


Terminal Hidroviário de Belém - Ilha de Marajó
Terminal Hidroviário de Belém

Os barcos com destino a Ilha de Marajó partem diariamente do Terminal Hidroviário de Belém, localizado em Umarizal, e vão até Soure (onde se concentra as principais atrações da Ilha) ou Salvaterra (onde fica o Porto Camará, a 25 km de Soure).


De Belém a Ilha de Marajó: balsa, barco, lancha
Porto Camará - Salvaterra, Ilha de Marajó

Existem dois tipos de embarcação, o Navio (mais lento) e a Lancha Rápida que costuma ser mais utilizada pelos turistas. Trata-se de uma embarcação grande e bem estruturada com toaletes, poltronas confortáveis, ar condicionado e lanchonete.


De Belém a Ilha de Marajó distância
Lancha Expresso Golfinho com destino a Ilha de Marajó

O trajeto de lancha entre Belém e Marajó dura 2h. As saídas até Soure são operadas pela Expresso Golfinho e acontecem de segunda a sábado as 8h15 (R$48). Até o Porto Camará outras empresas tem saídas às 7h e 14h de seg. a sáb, e 7h aos domingos (R$35). 

As passagens devem ser compradas com antecedência direto na bilheteria do terminalAs lanchas retornam a Belém diariamente as 14h30.


Ilha de Marajó Soure e Salvaterra
Travessia Soure - Salvaterra, Ilha de Marajó

Chegando no Porto Camará é necessário pegar uma van ou táxi até o centro de Salvaterra (25 km) e depois fazer uma pequena travessia de rabeta (barquinho) até Soure. Essas duas cidades são as mais turísticas da Ilha de Marajó, onde se concentram as pousadas, lojas de artesanatos e dão acesso as praias e as fazendas de Búfalos.


Ilha de Marajó
Rabeta que liga Soure a Salvaterra - Ilha de Marajó

Quem pretende chegar a Ilha de Marajó de carro terá que pegar a Balsa no Porto de Icoaraci (20 km de Belém), a viagem dura 4h, os preços e horários podem ser consultados AQUI.


Ilha de Marajó destinos
Centrinho de Soure - Marajó

A viagem de Lancha na maior parte é tranquila, mas no trecho onde o rio encontra o mar balança um pouco, portanto se você costuma enjoar fácil é melhor garantir um remedinho antes.

ILHA DE MARAJÓ - ROTEIRO

O que fazer na Ilha de Marajó

O guia da AmazonPará passou para nos buscar no hotel as 7h. Fomos de Expresso Golfinho (saída as 8h15 até Soure). Mas dependendo do mês e da disponibilidade das passagens pode ser que você saia do hotel em torno das 6h para embarcar na lancha que parte as 7h (até o Porto Camará).

Ao desembarcar em Soure, um carro com guias locais estavam a nossa espera para começarmos o tour pela fantástica Ilha de Marajó.

⇒ SOURE E SALVATERRA

Ilha de Marajó Roteiro 1 dia
Orla de Soure - Ilha de Marajó

Marajó é enorme, são mais de 40.000 km² de extensão divididos em 17 municípios. Salvaterra e Soure são os principais destinos turísticos da Ilha, mas não espere encontrar uma estrutura sofisticada, pelo contrário, a magia do lugar está justamente nessa simplicidade, no contato com a natureza e a cultura local.


Ilha de Marajó Pará
Soure - Ilha de Marajó

Salvaterra é a "porta de entrada" da Ilha de Marajó (onde está o porto), enquanto Soure é conhecida como "a capital de Marajó" por ter um centrinho com lojas, igreja, ateliês de artesanato, restaurantes e uma orla bem agradável a beira do rio. Ainda assim o clima é de uma típica cidade de interior.


Ilha de Marajó Vila
Centrinho de Soure - Ilha de Marajó

Em Soure há uma agência do Banco do Brasil e outra do Bradesco, mas leve dinheiro pois nem sempre os caixas eletrônicos 24h funcionam e muitos lugares não aceitam cartões.

⇒ OS BÚFALOS DE MARAJÓ

Ilha de Marajó Fazendas Búfalos
Fazenda Araruna - Marajó

Marajó possui o maior rebanho de búfalos do Brasil. Você verá búfalos por todas as partes, até mesmo nas ruas e nas praias de Soure, rs. 

Eles são o maior símbolo da Ilha de Marajó, fazem parte da cultura local e são de extrema importância para a economia da Ilha por conta do couro, da carne e do leite que se produz manteiga, doces e o famoso queijo do Marajó.


Ilha de Marajó passeio
Praia do Pesqueiro, Soure - Ilha de Marajó

Diz a lenda que os Búfalos "dominaram" a Ilha de Marajó no século 19, quando um navio carregado deles com destino as Guianas acabou encalhado na região. Num primeiro momento esses grandalhões podem até assustar, mas são mansinhos e muito amados por lá, tratados como animais de estimação, e como a gente não vê búfalos por aí todo dia virou uma atração turística, claro!

⇒ FAZENDAS DE BÚFALOS EM MARAJÓ

Ilha de Marajó turismo
Fazenda Araruna - Ilha de Marajó

Há diversas fazendas de búfalos na Ilha de Marajó que abrem suas portas para os turistas terem um contato mais de perto com a cultura que gira em torno desses animais. Muitas funcionam também como hotéis e pousadas.

Os valores variam de acordo com o que é oferecido em cada fazenda, algumas incluem além dos Búfalos, passeios de barco pelos igarapés, almoço, apresentação de Carimbó, etc. No roteiro com a AmazonPará Turismo estava incluso a visita na Fazenda Araruna, próxima 2 km do centro de Soure. 


Tour Ilha de Marajó
Fazenda Araruna, Soure - Ilha de Marajó

Um local muito bonito onde podemos interagir com os Búfalos, montar neles (uma prática muito comum e que não agride os animais), passear de charrete para conhecer a propriedade e por fim, foi nos servido um lanche com pães caseiros quentinhos acompanhados de delícias típicas como queijo, coalhada e manteiga de leite de búfala, suco de cupuaçu, biscoitinho de tapioca... Bom demais!


O que fazer na Ilha do Marajó
Delícias feitas com leite de Búfala

Entre as fazendas mais conhecidas da região estão também a Fazenda Mironga (uma das principais produtoras do queijo de Marajó) e a Fazenda São Jerônimo, que ganhou fama durante as gravações da primeira edição do programa No Limite e depois na novela Amor Eterno Amor, da rede globo.

⇒ ARTESANATO DE MARAJÓ

Ilha de Marajó centros de artesanato
Cerâmicas Marajoaras

As cerâmicas marajoaras representam muito da história e das tradições da Ilha. São peças feitas com técnicas desenvolvidas por índios que habitavam a ilha ainda na era pré-colombiana (antes da chegada dos portugueses no Brasil).

Estudos acreditam que essa é uma das formas de arte mais antigas das Américas. Peças encontradas através de escavações arqueológicas na ilha estão expostas em Museus de todo o Brasil, entre eles o Museu do Forte e o Museu Paraense Emílio Goeldi, em Belém, que possui o maior acervo de arte marajoara do mundo.


Ilha de Marajó compras e artesanatos
Museu Forte do Presépio - Belém

Essa tradição foi passando de geração em geração e se mantem viva até hoje. Há vários Centros de Cerâmicas Marajoaras em Soure, alguns dos mais visitados são o Atelier Arte Mangue Marajó, em Pacoval - 2 km do centrinho, e o M’barayó Cerâmica Marajoara, no centro de Soure.


O que fazer em Belém: Ilha de Marajó

Neles podemos ver os artesões trabalhando, saber um pouco da história, etc. O legal é que cada uma das peças tem um significado: equilíbrio, proteção, saúde... São lindas!

Os produtos feitos de forma artesanal com o couro de búfalo também estão entre as atrações da ilha. Um local muito conhecido é o Curtume Art Couro Marajó, no centro de Soure, onde podemos ver como são produzidos e comprar sandálias, bolsas, etc.


Curtume Art Couro Marajó - Soure
Curtume Art Couro Marajó - Soure

O local é simples, como tudo na Ilha, mas bastante visitado, repare na parede as fotos dos famosos que já passaram por lá. Você verá também uma exposição com cabeças de diferentes espécies de búfalos e outras partes do animal.

⇒ PRAIAS DA ILHA DE MARAJÓ

Ilha de Marajó praias
Praia do Pesqueiro, Soure - Ilha de Marajó

Uma das principais características da Ilha de Marajó é que ela é banhada tanto pelas águas dos rios Amazonas e Tocantins quanto pelo Oceano Atlântico. Portanto, o que não falta são praias e igarapés para se refrescar do típico calorão.


Praia do Pesqueiro Soure
Praia do Pesqueiro, Soure - Ilha de Marajó

Praia do Pesqueiro, a cerca de 10 km do centro de Soure, é uma das mais famosas e frequentadas da Ilha de Marajó, então não poderia ficar de fora do nosso roteiro. Tem que ir!


Ilha de Marajó
Acesso a Praia do Pesqueiro, Soure - Ilha de Marajó

Uma praia linda e imensa que você não sabe se é rio ou se é mar, hehe. Na verdade é uma mistura dos dois já que estamos na Foz do Rio Amazonas, ou seja, onde o rio, depois de percorrer quase 7.000 quilômetros, desagua no mar.


Ilha de Marajó
Praia do Pesqueiro - Marajó

É isso mesmo, o rio Amazonas na verdade nasce nos Andes do Peru (na conhecida região do Vale Sagrado dos Incas), entra no Brasil com o nome de Solimões e depois de encontrar o Rio Negro recebe o nome de Rio Amazonas. Segundo as últimas medições do Inpe, o Rio Amazonas ultrapassou o Rio Nilo e se tornou o maior Rio do mundo. Legal né!?


Foz do Rio Amazonas Ilha de Marajó
Praia do Pesqueiro, Soure - Ilha de Marajó

Uma imensidão de areia branca, água rasa com poucas ondas, guarda-sóis feitos de sapê e barracas que servem peixes fresquinhos, além do tradicional filé marajoara, claro! Dizem que a carne de búfalo é super macia, nós não tivemos a oportunidade de experimentar, mas com certeza vale a pena!


Ilha de Marajó
Praia do Pesqueiro, Soure - Ilha de Marajó

Outras praias da Ilha de Marajó que também tem boa estrutura e são muito frequentadas pelos turistas são JoanesBarra Velha, ainda em Soure, e a Praia Grande, em Salvaterra.

⇒ ILHA DE MARAJÓ, VALE A PENA?

Passeio de Belém a Ilha de Marajó
Nós duas com os "donos da casa" na Ilha de Marajó :)

Valeu a pena o bate-volta a Ilha do Marajó? Se valeu! Achamos que com esse roteiro e a companhia do guia conseguimos ter uma boa ideia de como é a ilha. 

Ficamos encantadas sabe, tudo lá é simples, por outro lado com tanta riqueza de cultura, de humanidade. O que vivemos nessas horinhas na Ilha de Marajó se transformaram em experiências que certamente vamos levar para vida!


Belém do Pará Ilha de Marajó
Nós duas curtindo a Ilha de Marajó - Praia do Pesqueiro :)

Contudo, se você tiver tempo para ficar uma ou duas noites na Ilha de Marajó, sem dúvida poderá aproveitar muito mais! Confesso que ficamos com vontade de dar uma esticadinha por lá, então pensando nisso vamos deixar dicas de onde se hospedar em Marajó.

ONDE FICAR NA ILHA DE MARAJÓ

Soure, na minha opinião, é o melhor lugar para se hospedar na Ilha de Marajó, você estará mais próximo das atrações como as fazendas de búfalos, a badalada Praia de Pesqueiro e os centros de cerâmica marajoara. Também tem mais opções de restaurantes e pousadas.

• A Pousada Marajoara é uma das mais estruturadas de Soure, uma espécie de Hotel Fazenda, mas também são ótimas opções o Hotel Marajó, a Pousada O Canto do Francês, a Pousada Aruanã e o Solar Encanto do Marajó.


Em Salvaterra você terá a Praia Grande para curtir e estará mais perto do Porto Camará, de onde chegam e partem os barcos que ligam Marajó a Belém.


✓ Veja também onde ficar em Belém e outros passeios imperdíveis.

✓ Preparamos ainda um guia completo com dicas de quando ir, pratos típicos e muito mais do Pará.

Deixamos vários stories dessa viagem nos destaques do Instagram, segue a gente lá e também nas nossas páginas do FacebookTwitter e Pinterest 😘

Com base na experiência que tivemos em julho/2021. Agradecimentos: AmazonPará Turismo

Booking.com


Outros Posts:

Belém: quando ir e outras dicas essenciais

Onde comer em Belém: pratos típicos e restaurantes


Passeio de Barco em Belém ao ritmo do Carimbó

Ilha do Combu: rota do chocolate em Belém

Ilha de Mosqueiro: praias de Belém

Confira AQUI todos os posts do Pará


RESERVE AQUI OS SERVIÇOS E NOS AJUDE A MANTER O BLOG:

0 comentários:

Postar um comentário

Dicas de Hospedagem

Gastronomia

 

Siga no Instagram @blogtemqueir