,

Destaques

POSTS RECENTES

Ilha do Combu, um pedacinho da Amazônia em Belém do Pará

22 de julho de 2021
Ilha do Combu

Em Belém, a Ilha do Combu é uma super oportunidade para nós turistas vivenciarmos uma verdadeira experiência na Floresta Amazônica sem precisar ir muito longe, apenas 15 minutinhos de barco saindo da capital. Tem que ir!

Além disso a ilha ganhou fama pela produção de chocolate orgânico, que hoje é usado por alguns dos chefes mais renomados do Brasil. 

Ilha do Combu Belém
Casa da Dona Nena - Filha do Combu

Neste post vamos dar dicas de como chegar, roteiro e compartilhar todos os detalhes desse passeio delicioso pela Ilha do Combu - rota do chocolate, um dos mais incríveis que fizemos durante nossa viagem pelo Pará. Confira!

ILHA DO COMBU, COMO CHEGAR 

Ilha do Combu Pará

Belém é cercada por quase 40 ilhas, a Ilha do Combu é uma das maiores e mais próximas da capital. Para chegar basta uma travessia de 15 minutinhos de barco pelo Rio Guamá.

Há barcos com destino a Ilha do Combu diariamente partindo da Praça Princesa Isabel, no bairro do Condor (afinal é o meio de transporte dos ribeirinhas que vivem na ilha). Cada parte do trajeto custa em torno de R$10. Mas atente-se que as principais atrações e restaurantes da Ilha do Combu geralmente só funcionam aos finais de semana.


De Belém a Ilha do Combu
Ribeirinhas da Ilha do Combu

Para nós turistas, a melhor forma de conhecer a Ilha do Combu é sem dúvida através dos passeios oferecidos pelas agências de turismo. Nós fomos com a AmazonPará e recomendamos. 

Nós fizemos o roteiro express (3h), que inclui transfer completo ida e volta, a rota do chocolate - Casa da Dona Nena (com degustação) e caminhada ecológica. Há também um outro roteiro que inclui almoço e dura em torno de 7h. Nossos leitores tem desconto de 10%, basta mencionar o código BTQIR (Blog Tem que ir) no momento da reserva com a agência.


Ilha do Combu Belém
Caminhada ecológica - Ilha do Combu

Dicas: Vá com roupas leves e calçado confortável (fizemos uma leve caminhada na floresta, mas super tranquilo; Roupas de banho e toalhas se pretende tomar banho no rio; não esqueça o protetor solar, boné ou chapéu, (mesmo no meio da floresta o calor é intenso) e repelente. No mais, aproveite!

PASSEIO A ILHA DO COMBU

Ilha do Combu passeio valores
Ilha do Combu

Fizemos o passeio num domingo, o guia da agência passou para nos buscar no hotel em torno das 9h e partimos em direção ao pequeno porto da Praça Princesa Isabel para pegar o barco.


Como chegar a Ilha do Combu
Vista de Belém a partir da Ilha do Combu

Fomos numa lancha voadeira, em poucos minutos a capital foi ficando para trás e o cenário começou a mudar. O trajeto pelo Rio Guamá até a Ilha do Combu é muito bonito e curioso.


Ilha do Combu o que fazer

No caminho vimos diversas embarcações típicas, como os "popopos" (barcos usado pelos ribeirinhas), lanchas dos bacanas da capital e grandes gaiolas (os navios da Amazônia), muitos levando produtos para abastecer a capital.


Passeio a Ilha do Combu
O contraste entre as lanchas e os barquinhos dos ribeirinhas

A Ilha do Combu produz grande parte do cacau, do açaí, do cupuaçu e de outras iguarias deliciosas que comemos em Belém do Pará.

⇒ ROTA DO CHOCOLATE - CASA DA DONA NENA

Passeio a Ilha do Combu

Paramos num dos lugares mais deliciosos da Ilha, a Casa da Dona Nena, conhecida como a "Filha do Combu", uma história muito bonita.


Ilha do Combu chocolate
Cacau colhido direto do pé, delicioso!

De família ribeirinha, tinha cacau no quintal de casa e estava acostumada a produzir chocolate artesanal para consumo próprio, até que por dificuldades financeiras Dona Nena passou a comercializar aquele chocolate feito com todo carinho. 


Ilha do Combu chocolate
Aprendendo sobre a produção artesanal do chocolate

Ahhh, não deu outra, caiu no gosto dos turistas e atraiu chefes renomados como Thiago Castanho e Alex Atala, que passaram a usar os chocolates 100 % orgânicos da "Filha do Combu" em seus restaurantes.


Rota do Chocolate Belém
Degustação de delícias feitas com o chocolate da Filha do Combu

Vimos de perto todo o processo do cacau até virar chocolate e tivemos a oportunidade de degustar as delícias preparadas com os chocolate orgânico. Tudo com aquele sabor intenso e maravilhoso!


Filha do Combu chocolates
Lojinha Filhas dos Combu - Casa da Dona Nena

Na lojinha são vendidos diferentes tipos de barras, bombons e doces regionais... a vontade era de levar tudo para casa! (Aceita cartões).

⇒ CAMINHADA ECOLÓGICA

Ilha do Combu passeio

Ainda no "quintal da Dona Nena", fizemos uma pequena caminhada ecológica para conhecer um pouco mais daquele paraíso amazônico. A Ilha do Combu faz parte de uma área de preservação ambiental e é rica não só em cacau, mas também em açaí, cupuaçu, pupunha e tantas outras espécies.


Ilha do Combu
Cacaueiro - Ilha do Combu

Durante essa caminhada pela floresta tivemos a oportunidade de ver entre os cacaueiros e açaizeiros uma Samaumeira centenária (árvore típica da Amazônia, conhecida como "árvore da vida" ou "escada do céu". Os indígenas a consideravam a mãe de todas as árvores), linda e gigante. Ali demos conta do quanto somos pequenos diante da natureza!


Samaumeira Centenária - Ilha do Combu
Samaumeira Centenária - Ilha do Combu

*No passeio express com a AmazonPará Turismo, após a visita a Casa da Dona Nena pegamos o barco para retornar a Belém, no entanto você pode optar por ficar por lá e aproveitar o resto do dia em algum dos restaurantes da Ilha (neste caso o retorno será por sua conta).

ILHA DO COMBU, RESTAURANTES

Ilha do Combu melhor restaurante
Ilha do Combu - Restaurantes

A Ilha do Combu possui vários restaurantes que oferecem ótima estrutura e pratos deliciosos a base de peixes, jambu, tucupi, açaí e outros ingredientes típicos da Amazônia. A maioria funciona de sexta a domingo e feriados à partir das 10h, muitos tocam música ao vivo e possuem uma bela vista para Belém.

Um dos mais famosos é o Saldosa Maloca, outros bem recomendados são o Solar da Ilha (com piscina e tudo), o Mirante do Combú (também com ótima estrutura) e o Kasa Kakuri.

✓ Veja também as dicas de onde comer em Belém

STREET RIVER ILHA DO COMBU

Ilha do Combu Belém Pará
Street River - Foto Viajar Pelo Mundo

As casas coloridas dos ribeirinhas também viraram uma das principais atrações da ilha do Combu.

Trata-se de um projeto lindo chamado Street River, desenvolvido pelo artista paraense Sebá Tapajós, que reuniu grafiteiros de várias partes do Brasil para colorir as casas dos ribeirinhas que vivem na ilha. O resultado foi tão legal que se tornou a 1ª Galeria de arte fluvial da Amazônia.

O passeio a Ilha do Combu foi inesquecível, quando estiver em Belém, não perca a oportunidade de conhecer esse pedacinho da Amazônia. Tem que ir!


Dicas de Belém blog de viagem
Nós duas curtindo o passeio a Ilha do Combu :)

Confira outras 15 atrações imperdíveis e também nossas dicas de onde ficar e onde comer em Belém.

Deixamos vários stories dessa viagem nos destaques do Instagram, acompanhe a gente lá e também nas nossas páginas do FacebookTwitter e Pinterest 😘

*Com base na experiência que tivemos em julho/2021. Agradecimentos: AmazonPará Turismo



Booking.com


Outros Posts:

Belém: quando ir e outras dicas essenciais

Passeio de barco em Belém ao ritmo do Carimbó

Ilha de Marajó: passeio bate-volta de Belém

City Tour em Belém: roteiro e dicas

Ilha de Mosqueiro: praias de rio em Belém

Acesse AQUI todos as dicas do Pará

RESERVE AQUI OS SERVIÇOS E NOS AJUDE A MANTER O BLOG:

Pin It
Nenhum comentário

0 comentários:

Postar um comentário

Dicas de Hospedagem

Gastronomia

 

Siga no Instagram @blogtemqueir