slider

Destaques

29 de novembro de 2018

ATACAMA: Quando ir, como chegar, onde ficar, passeios e tudo que você precisa saber!

Lagunas Altiplânicas, deserto do Atacama

Conhecer o Atacama, no Chile, foi uma das experiências mais marcantes das nossas vidas! Mas a princípio, quando você escuta a palavra DESERTO, logo surge um trilhão de dúvidas né!? A melhor época, como chegar, onde ficar, como é o clima, a comida, como fazer os passeios... Por isso, vamos compartilhar aqui todas as dicas para que sua viagem seja tão incrível quanto a nossa! :)

QUANDO IR? Melhor época, clima, alta e baixa temporada!

O deserto do Atacama tem sido um dos destinos mais desejados quando o assunto é o Chile, muito visitado o ano inteiro! Mas, considerado alta temporada mesmo são os meses de férias - julho e agosto e depois de novembro a março.

Em relação ao clima, não tem jeito! Em qualquer época do ano você terá que estar preparado com roupas de calor e de frio, já que uma das características do deserto é a grande variação de temperatura em um único dia!


Em San Pedro de Atacama (cidade onde tem toda a estrutura ), no verão - dezembro, Janeiro e fevereiro, as temperaturas variam de 16° a 30ºC, com sensação de 40º rs), no inverno - junho, julho e agosto, a média na cidadezinha é de 4º a 22º . Mas a questão é que durante os passeios tudo pode mudar! C
omo por exemplo em Geysers del Tatio, que chegamos a enfrentar temperaturas NEGATIVAS.



Rua Caracoles, San Pedro de Atacama
Rua Caracoles, San Pedro de Atacama

A melhor época para visitar o Atacama são nos meses de março, abril e maio (outono) e setembro, outubro e novembro (primavera), quando as temperaturas ficam mais amenas, essas variações não são tãaaao extremas e tem menos risco de chuvas, isso mesmo - chuva no deserto! Sim, elas podem acontecer (e forte) principalmente nos meses de dezembro, janeiro e fevereiro.

Nós fomos no comecinho de novembro e foi ótimo!! Os dias estavam lindos, ficávamos tranquilamente de calça, shorts e camiseta durante o dia e a noite um casaquinho para passear na cidade, já nos passeios tivemos que ir sempre preparadas para enfrentar as altas e as baixas temperaturas. Veja AQUI as dicas para os passeios.

COMO CHEGAR?

O Atacama fica bem ao norte do Chile, a cidadezinha considerada porta de entrada para o deserto, onde está toda a estrutura de hotéis, pousadas, restaurantes, casas de câmbio, etc, é San Pedro de Atacama, a 1.600 km de Santiago, quase na divisa com a Bolívia. 

O aeroporto mais próximo é o de CalamaNão há vôos diretos do Brasil para Calama, ou seja, é necessário fazer conexão em Santiago.

Cordilheira dos Andes, chegada em Santiago

Algumas companhias vendem os trechos vinculados, mas em nossas pesquisas saía bem mais caro, então para economizar compramos as passagens do Brasil a Santiago e depois, com a low-cost chilena Sky Airline, o trecho de Santiago a Calama. 

Basta se organizar direitinho e deixar um intervalo de pelo menos 3 horas entre os dois vôos, tempo para não se desesperar caso o primeiro voo atrase um pouquinho, passar pela imigração no aeroporto de Santiago, retirar as bagagens e embarcar com tranquilidade no vôo a Calama, que dura 2h.




DE CALAMA A SAN PEDRO DE ATACAMA


Chegando em Calama você irá precisar de um trânsfer do aeroporto até San Pedro de Atacama, que está a pouco mais de 100km, cerca de 1:30h de viagem.

De Calama para San Pedro de Atacama
Aeroporto de Calama - El Loa
Existem alguns guichês na saída do aeroporto de empresas que oferecem o serviço (geralmente pelo mesmo preço, fechando ida e volta $20.000 pesos), mas confesso que já ouvimos relatos de experiências desagradáveis, ônibus em más condições, motoristas que correm demais nas estradas que são cheias de curvas, etc. Então resolvemos não arriscar e pesquisar uma empresa de confiança, já contratar o transfer antes para evitar "dor de cabeça", afinal planejamos a viagem com tanto carinho e Deus me livre não chegar lá! rs

Fechamos tanto a ida quanto a volta com a Transfer Pampa e foi a melhor escolha! É uma empresa credenciada para oferecer o serviço de forma oficial e o atendimento foi excelente desde o nosso primeiro contato por e-mail, recebemos todas as orientações e ao chegar no aeroporto o nosso nome já estava na lista, no guichê da empresa, que fica logo no desembarque. 

Mesmo cobrando o valor igual as outras (ida e volta $20.000 pesos), os carros da Transfer Pampa são novos, no máximo para 15 passageiros e nos sentimos seguras na estrada. Na volta passaram no hotel exatamente na hora marcada, 3 horas antes do vôo, e viemos só nós duas e mais um casal, praticamente um privativo. Recomendo!

Serviços:

Transfer Pampa
www.transferpampa.cl
E-mail: reservas@transferpampa.cl
Telefones: +56 9 5226 0722 / +56 9 5226 0720
*Preços ref. a novembro de 2018


ONDE SE HOSPEDAR NO ATACAMA

Se você imagina que vai ao deserto para acampar ou ficar no perrengue está muito enganado meu amigo! Os hotéis e pousadas ficam na cidadezinha de San Pedro do Atacama e você encontra desde Resorts All inclusive, hotéis 5 estrelas com serviços exclusivos até pousadas e hostels que oferecem um ótimo custo x benefício.

Se quiser facilitar a sua vida o ideal é ficar no centrinho, próximo a Rua Caracoles, onde estão reunidos os restaurantes, as casas de câmbio, agências de passeios e tudo mais! 


Nós ficamos no Hotel La Cochera e gostamos muito! Um 3 estrelas praticamente na esquina da Caracoles, com ótima estrutura, atendimento e custo x benefício. Veja AQUI os detalhes da nossa hospedagem. 


Hotéis próximo a Caracoles, San Pedro de Atacama
Hotel La Cochera

Outras boas opções no centrinho ou a poucos passos são: Terrantai Lodge ; Hotel Pascual AndinoNOI Casa Atacama;  Hotel KimalHotel Poblado KimalHotel La Casa de Don Tomás ; Altiplanico Atacama,

Hotéis 5 estrelas e Resorts que oferecem transfer gratuito ao centrinho: Explora Atacama (All-inclusive); Alto Atacama Desert Lodge & Spa (All-inclusive)Tierra Atacama Hotel & Spa e  Hotel Cumbres San Pedro de Atacama.

👉 Confira AQUI todas as opções de hospedagem em San Pedro do Atacama.

QUANTO TEMPO FICAR

Para aproveitar bem a viagem e fazer valer a pena o investimento o ideal é ficar pelo menos 5 ou 6 dias inteiros, afinal não é um lugar assim tãaao fácil de chegar para você ir e voltar toda hora né! O corpo precisa se adaptar ao clima, a altitude e esse tempo é o suficiente para fazer os principais passeios, aqueles mais fantásticos que não merecem ficar de fora!


Salar de Atacama
Salar de Atacama

Se sua intenção for ainda combinar com a expedição ao Salar de Uyuni, na Bolívia, serão necessários + 4 dias.

Se você não tiver no mínimo 5 dias para ficar no Atacama, sinceramente - é melhor nem ir, espere outra oportunidade, caso o contrário irá se arrepender!!

O QUE FAZER NO ATACAMA

Prepare-se para ver em cada passeio paisagens de "tirar o folego" (literalmente, rs)! A imensidão do deserto misturado a vulcões, lagoas, salares, gêysers... Um conjunto de belezas quase que inacreditáveis!!


Laguna Cejar, Deserto do Atacama
Laguna Cejar

Há diversas agências em San Pedro de Atacama que oferecem os Tours, mas há de se ter cuidado e escolher uma empresa de confiança, que além de segurança vai oferecer um passeio completo, do jeito que deve ser!

Nós fizemos todas as atividades com a Daytours4u, uma empresa que já conhecemos de outros "carnavais", ela oferece serviços em vários países da América do Sul, inclusive no Brasil, e no Atacama a empresa organizou tudo de forma perfeita! Como sempre!

👉 Confira AQUI o post onde listamos os passeios imperdíveis com dicas essenciais para se preparar, evitar o mal de altitude e aproveitar ao máximo!



O QUE LEVAR PARA O DESERTO

Alguns itens não podem faltar na mala: Protetor solar e labial, boné/chapeu, roupas confortáveis, agasalhos, uma Jaqueta tipo Corta Vento e principalmente um bom calçadode boa aderência, impermeável, próprio para as caminhadas na areia, nas pedras, no sal (usamos Botas Vento e foram ideais!). Também não esqueça as roupas de banho para as Lagunas e piscinas termais. ;)

Valle de La Luna, Atacama
Grandes Dunas - Valle de La Luna

Lembre-se, você estará numa cidade pequena, San Pedro de Atacama, se precisar comprar algo você até vai encontrar algumas lojas e feirinhas na Rua Caracoles (principal do centrinho), mas os preços são para "turista", por isso o melhor é levar tudo do Brasil!

A cidadezinha é rústica, as ruas são de terra, esqueça os saltos, as roupas claras (porque você vai se sujar!rs). 

Confira AQUI os post completo com todas as recomendações de como se preparar para os passeios no Atacama,  dicas para não sofrer com a altitude e mais!


MOEDA - Câmbio no Atacama

Pesos Chilenos é a moeda local e a melhor forma de pagamento para quase tudo em San Pedro de Atacama. O nosso Real dificilmente é aceito por lá, e quando é a cotação não vale a pena!

O comércio em geral (restaurantes, agências de passeios) até aceitam cartões de crédito - "tarjeta", mas as vezes tem um valor mínimo e não tem chance de conseguir negociar um descontinho! Lembre- se também que tem o valor do imposto - IOF que vai ser somado na sua fatura! Por isso prefira o dinheiro vivo (efectivo - em espanhol).


Cambio em San Pedro de Atacama
Rua Tocanao - San Pedro de Atacama
Os estabelecimentos geralmente não aceitam Dolar, mas o câmbio pode ser um pouco mais vantajoso na moeda americana.

As principais casas de câmbio de San Pedro de Atacama estão localizadas na rua Toconao, uma travessa da principal (Caracoles), no centrinho.

Não vale a pena trocar o real por pesos no Brasil, no aeroporto de Santiago a cotação também é pior do que nas casas de câmbio de San Pedro do Atacama, troque só o necessário. Se for passar alguns dias do início da sua viagem na capital, aí sim aproveite para fazer o câmbio nas agências da cidade, que são melhores do que as do Atacama.

O que podemos dizer é que foram dias intensos e maravilhosos, conhecer o deserto do Atacama entrou na lista das experiências inesquecíveis da vida!! Espero que nossas dicas tenham ajudado! :) Tem que ir!!

Estradas do Deserto do Atacama

Na volta, nos programamos para ficar alguns dias na capital Santiago e foi a melhor coisa que fizemos! Cidade encantadora, moderna e ao mesmo tempo cheia de histórias, arte, passeios lindos, vinícolas, hotéis maravilhosos e ótimos restaurantes! Confira AQUI todas as nossas dicas do Chile. :)






Economize na sua viagem:


0 comentários:

Postar um comentário

Posts Populares

 
Tem que ir ©| Desenvolvido por Onze Web.