slider

Destaques

17 de janeiro de 2017

Detalhes de um dia em Ouro Preto e Mariana - estrelas do roteiro de Minas Gerais


Saímos de BH para conhecer algumas das principais estrelas do roteiro de Minas Gerais, Ouro Preto e Mariana, com casarões bem conservados do século XVIII e algumas das igrejas mais importantes do Brasil, além de toda a história dessas que foram as primeiras capitais do estado, palco da inconfidência mineira e da corrida do ouro no país...

Por volta das 8h partimos do hotel em BH a bordo da Master Receptivo (empresa que opera os melhores e mais variados roteiros de Minas), foram cerca de 95km até chegar em Ouro Preto.

No caminho muito verde e a enorme Pedra (com mais de 1.700 metros de altura no Pico do Itacolomi) ponto de referência da região, foi um marco na localização das minas de ouro pelos bandeirantespode ser vista de vários pontos da estrada e também do centro de Ouro Preto...




Logo na entrada da cidade paramos em uma loja chamada Santa Rita Pedra Sabão, que vende diversos produtos feitos com a pedra sabão ( tipica de Ouro Preto), jóias, vasos, panelas e outros artigos de decoração...


Ao chegar no centrinho começamos o tour... e como dizem por lá, "em Ouro Preto se você não sobe você desce" é muita ladeira minha gente, então força na canela que vale a pena!!


Visitamos a Igreja Nossa Senhora do Pilar, com mais de 400kg de ouro em suas esculturas é conhecida por ser a segunda igreja mais rica do Brasil.
A visitação desta e da maioria das igrejas e museus da cidade tem o custo de R$ 10,00 por pessoa ( estudantes pagam meia).


Atrás dessa igreja fica a conhecida Rua das escadinhas (é fácil entender o porquê do nome né!! rs)  um chafaris e uma linda capelinha que mostra bem a religiosidade dos séculos XVII e XVIII, épocas da abundância do ouro nas minas e da Inconfidência Mineira.



Nessa hora a fome começou a dar sinal de alerta, então fomos ganhar energia para continuar o sobe e desce nas ladeiras em um dos restaurantes referência na região quando o assunto é tradição em comida mineira, o Restaurante Conto de Réis (que de tantas delícias reunidas mereceu um post só dele!!). Há mais de 30 anos funciona numa antiga senzala de um autêntico casarão do século XVIII, comida com gostinho de feita em casa, servidas em panelas de pedra e doces em tachos de cobre.


Nos sentimos realmente em Minas Gerais quando vimos aquele monte de comida típica: frango com quiabo, feijão tropeiro, torresmo, couve, frango ao molho pardo, pastelzinho de angu e mais um tantão de coisas... E que sabor minha gente!! Tudo com um tempero maravilhoso!!


E os doces então? Todos caseiros: compotas de frutas, doce de abóbora, goiabada e doces de leite que é nossa paixão!! Tudo de qualidade, servido com aquele queijinho mineiro... e ainda cachacinha cortesia. Na ocasião R$ 40,00 por pessoa para comer TUDO a vontade!!

Baterias mais do que recarregadas, ficou fácil continuar pelas ladeiras de paralelepípedos para conhecer as casas coloniais que hoje abrigam museus, comércios e as famosas repúblicas de estudantes...

Conhecemos um dos principais cartões postais da cidade, a histórica praça Tiradentes, onde fica o Museu da Inconfidência, antiga Casa da Câmera e Cadeia.


Em torno da praça estão diversas lojinhas de artesanatos, doces, sorveterias, chocolates e cachaças artesanais...



Conhecemos a Igreja Nossa Senhora do Carmo, a única de Minas Gerais com azulejos Portugueses, tombada pelo Patrimônio Histórico e Artístico do país.

A Igreja de São Francisco de Assis, projetada por Aleijadinho, em frente a uma tradicional Feirinha de Artesanato em Pedra Sabão e a Casa que viveu o poeta inconfidente Thomaz Antônio Gonzaga (de lá tem uma vista linda, um jardim nos fundos e a sala das bordadeiras com peças que elas produzem e vendem ali mesmo ).

Achamos Ouro Preto uma cidade encantadora, foi bem mais legal conhecer a história de todos esses lugares de perto do que pelos livros na época da escola, rs .Não foi a toa que Ouro Preto ganhou o título de Patrimônio Histórico e Cultural da Humanidade.

Na saída de Ouro Preto sentido Mariana fomos conhecer uma das milhares de minas que existem na região, afinal estamos nas Minas Gerais!!! 

A atração custa R$ 20,00 por pessoa, entramos na mina com capacetes e um guia que nos contou curiosidades (causos da época que viraram expressões populares até hoje, como "dar no couro" e tantas outras...) e mostrou a dificuldade que era trabalhar ali na época da extração de ouro. Foi uma suuuuper experiência entrar naqueles túneis, ver e sentir de perto a sensação de estar dentro de uma Mina (Jesuisss!! Alguns desistiram na metade do caminho, porque em algumas partes fica um pouco apertado, tem que abaixar pra passar... mas foi demais, tem que ir!!) Ainda vimos o ouro agarrado em uma pedra que eles preservam até hoje.


Seguimos mais 13km de estrada (pertinho) até chegar em Mariana. Andamos pelas ruas com seus casarões históricos, passamos pela praça do Coreto (ponto de encontro dos moradores) pela Catedral da Sé (que no momento estava toda coberta sendo restaurada) e subimos as ladeiras até chegar no famoso cartão postal da cidade, a Praça Minas Gerais, considerada uma das Sete Maravilhas da Estrada Real...


Onde estão as igrejas de São Francisco de Assis, projetada por Aleijadinho, e a Igreja de Nossa Senhora do Carmo, são conhecidas como as Igrejas gêmeas de Mariana (não que sejam exatamente iguais, mas as duas igrejas foram construídas na mesma praça, quase de frente uma para outra, por famílias diferentes que disputavam o prestígio e poder na época... pelo menos isso é o que diz a lenda, rs) o fato é que são lindas e bem parecidas mesmo, no estilo barroco mineiro.



E assim finalizamos o nosso passeio pela rota do ouro, o dia estava um pouco nublado, embora isso não tenha ajudado muito para as fotos, por outro lado sem muito sol foi tranquilo caminhar e conhecer os principais pontos turísticos dessas cidades tão lindas e importantes. Voltamos a BH depois de um dia intenso, mas daqueles que só de lembrar eu penso: faria tudo de novo!! Inesquecível! #Temqueir


Informações:

www.masterreceptivo.com.br
Contato: (31) 3274-9628/98727-8787 
reserva@masterreceptivo.com.br
Restaurante Conto de Reis
www.restaurantecontosdereis.com.br
End. Rua Camilo de Brito, 21 Centro , Ouro Preto - MG
Tel. (31) 3551-5359
Buffet: Seg. a Dom.: 11:30 as 16:00h - A la carte: Qua. a Sáb.: 11:30 as 22:00h/ Dom. -Ter. 11:30 as 17:00h


*Baseado na nossa experiência. Preços, horários e informações referem-se a data da nossa viagem, portanto podem ser alterados ao longo do Tempo.




Acesse o Post Índice para ver todas as nossas dicas de Minas: Onde se hospedar, passeios, delícias...

10 comentários:

  1. Meninas,
    Que passeio maravilhoso e agradável, como gostaria de conhecer esses lugares, mas pude matar um pouco da curiosidade através de vocês. A comida mineira é gostosa demais, sabe em algumas fotos me lembrou muito Olinda!
    Beijos,
    DMulheres@_sheylaxavierFanpage

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie, esse passeio foi demais mesmo! Sabe que outras pessoas já comentaram mesmo que lembrou muito Olinda, talvez pelas ladeiras e igrejas históricas!! O fato é que tanto são cidades muito lindas....A comida mineira é um arraso!! O doce de leite então é nossa paixão!! 😄😋😘

      Super beijo!

      Excluir
  2. Diego Freitas18 janeiro, 2017

    Olá pessoal, adorei as informações e o roteiro do dia. Programando para conhecer qdo estiver em BH.

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Diego,

      Ficamos felizes que tenha gostado! Deu pra aproveitar super o dia e conhecer o principal!!!

      Qquer dúvida pode contar com a gente!

      Abraços.

      Excluir
  3. Cristiane Santos18 janeiro, 2017

    Gente, adorei!! Sempre quis conhecer essas cidades! Nem sabia que tinha bate e volta de BH!!! Valeu pelas dicas ;-)

    Bjs, Cris

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cris, que bom que gostou!!

      Pois é, tem sim!! Legal porque mesmo quem tem pouco tempo em BH dá pra conhecer, nós adoramos o passeio, super tem que ir!!

      Bjs

      Excluir
  4. Olá, muito legais as dicas!! Dá para montar todo o roteiro a partir do post! Tenho uma dúvida: vocês acharam bastante corrido conhecer as cidades em um dia só? É que estava pensando em destinar um dia pra cada, mas me pareceu que em um dia dá para conhecer ambas tranquilamente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Iara, ficamos felizes que tenha gostado!

      O dia foi intenso mas dá sim pra fazer as duas cidades e uma mina no mesmo dia, até porque Mariana fica pertinho de Ouro Preto (acaba compensando a viagem) além disso Mariana tem menos lugares a ser visitado do que Ouro Preto (o maior atrativo é a Praça Minas Gerais, onde está as Igrejas Gêmeas). Eu se fosse vcs faria essas duas no mesmo dia e reservava outro dia para conhecer outros lugares além dos clássicos (Ouro Preto e Mariana, São João Del Rey e Tiradentes, Sabará e Congonhas, Inhotim, BH) como a Gruta Maquiné (que foi uma experiência muito legal) e o Santuário do Caraça (uma das 7 maravilhas da Estrada Real, na nossa opinião imperdível). Ainda tem. Nos próximos dias colocaremos aqui no blog todos os detalhes desses passeios.

      Espero ter ajudado, qualquer dica conte conosco.

      Super beijo.

      Excluir
  5. Ajudou bastante, muito obrigada! Além de Ouro Preto, Mariana e BH, também já tinha São João del Rey, Tiradentes e Congonhas no meu roteiro. Mas seguindo as dicas de vocês, dará para incluir mais algumas cidades! Grande abraço.

    ResponderExcluir

Posts Populares

 
Tem que ir ©| Desenvolvido por Onze Web.